Sacramento da Confirmação

Estimados Padres concelebrantes, irmãs e irmãos em Nosso Senhor Jesus Cristo.
Saúdo em primeiro lugar esta Paróquia que nos acolhe, Paróquia de São José e aquele que Ela (Paróquia) apresenta para o Sacramento da Confirmação, com a saudação que recordo que amanhã esta Paróquia cumpre o seu primeiro aniversário de elevação a Paróquia. Saúdo também a Paróquia de Nossa Senhor da Conceição da Vila do Carvalho, que está aqui representada pelos que se candidatam ao Sacramento da Confirmação, pelos seus padrinhos e certamente por outros familiares que aqui s dirigem. Saúdo a Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, também aqui representada pelos mesmos motivos, a Paróquia de Santa Maria, a Paróquia de São Martinho e a Paróquia de Santo André de Boidobra.
Como referiu o Pároco desta Paróquia no início, este acto é um acto que tem importância por ser assim um momento de grande concentração, mas sobretudo tem importância por nós compreendermos a vivência da fé e a sua preparação em espaços mais alargados (...) A nossa Fé é uma Fé total, é uma Fé aberta, é uma Fé em comunhão de pessoas e de comunidade. Por isso felicito-vos por esta iniciativa, já é uma tradição reinada aqui nesta Cidade da Covilhã.
Irmãs e Irmãos hoje é um dia e começo por ai, em que nós somos especialmente chamados a contemplar o ministério do Nosso Deus. Um Deus que é Pai, que é Filho e que é Espírito Santo. Um Deus que é comunidade de amor e porque é comunidade de amor, Ele inscreve a vocação à relação de amor no coração de cada criatura. Ele suscita no coração de cada pessoa o desejo imparável de entrar em rede e em comunicação com os outros. Ele, este Deus é amor, Ele dispõe as coisas para toda a sociedade. Todas as sociedades e a sociedade no seu conjunto total, vivam o ideal da relação de família.
É assim que Deus é, e é assim também que Deus quer que nós sejamos, e por isso, a Palavra de Deus convida-nos a contemplar a maravilha de Deus e a deixar-mo-nos conduzir por aquilo que Ele é e por aquilo que Ele ensina. Sabedoria é essa maravilha que se desprende de Deus e vem ao nosso encontro para nos ensinar a compreender a nossa vida pessoal e a compreender a vida do Mundo. A sabedoria que sabemos hoje, ela é a pessoa de Cristo, segunda pessoa da Santíssima Trindade que encarnou no seio de Maria Virgem Mãe.
Quando nós lemos esta passagem do Livro dos Provérbios, nós vemos que nos fala de uma sabedoria que se desprende de Deus e com uma condição de autonomia pessoal que vem ao encontro dos humanos, nós lembra-mo-nos de Jesus. O Filho único de Deus que sendo de condição divina resolveu assumir a condição humana. Vem ao nosso encontro encarnando no seio de Maria Virgem e nos ensinou tudo aquilo que precisamos de saber para compreender a nossa vida pessoas, para compreender o Mundo e sobretudo compreender a meta para onde nos encaminhamos. (...)
Minhas irmãs e irmãos, a verdade é aquilo que nos liberta e nós vivemos hoje num Mundo onde a verdade começou a ser encarada como uma realidade com menos importância´. Nós também em nome do serviço que queremos prestar às pessoas, à sociedade, aos ambientes, ao nosso Mundo queremos ser obreiros desta procura da verdade, desta descoberta da verdade, deste deixarmos encantar pela verdade, porque da verdade é que o Mundo precisa.
Para nós a verdade tem um nome, Jesus Cristo. Para muitos na nossa sociedade, esse nome ainda não é conhecido, mas sendo verdade está no coração de cada pessoa e quando se confunde a sede da verdade ou quando se quer matar a sede da verdade, com águas impiranas, nós não matamos sede nenhuma, nós mais inflamamos, mais deixamos as pessoas insatisfeitas, mais deixamos as pessoas reduzidas à sua insignificância.Minhas irmãs e irmãos, não somos insignificantes. O Senhor chama-nos aqui, o Senhor convida-nos aqui, porque acredita em nós, porque considera cada um de nós a sua presença no meio do Mundo, no meio dos Homens e no meio da Sociedade! Cada um de nós é para Ele presença viva da sua pessoa e do seu Evangelho no meio do Mundo.
Caros amigos, irmãs e irmãos que vos apresentais para a confirmação. A Confirmação como sabeis é o termo da iniciação cristã e a iniciação cristã é o percurso pessoal de cada um que se faz discípulo de Cristo e para sermos discipulo de Cristo temos que o conhecer. Para sermos discípulos de Cristo temos que O amar e interpretar o seu estilo de vida, da nossa vida pessoal e comunitária e para sermos discípulos de Cristo temos que deixar trabalhar em nós este imperativo de irmos mais longe, de dizer ao Mundo o que é a verdade e a verdade presente no Evangelho.
Somos assim Missionários!
A iniciação cristã ao identificar-mo-nos com Cristo, Ele dá-no-lo a conhecer, Ele faz com que nós O amemos e torna-nos obreiros da sua comunicação ao Mundo, isto chama-se Evangelização. (...) E porque Cristo é o enviado do Pai, para dizer ao Mundo onde está a verdade e quais são os caminhos da verdade, nós não podemos deixar de assumir também essa responsabilidade na nossa vida pessoal.
Hoje, dia da vossa confirmação, é dia para relembrardes essas realidades e não só relembrardes, é para as colocardes nas vossas preocupações directas e imediatas. Não estais sozinhos, para cumprir esta missão! Não estais sozinhos! Quem vos acompanha é o Espírito Santo que o Evangelho nos diz, que é o enviado do Pai e do Filho, para nos conduzir para a verdade total e essa verdade total, é Cristo. (...)
O Espírito Santo ao entrar na vossa vida nunca vos deixa sozinhos. O Espírito Santo requalifica a vossa vida, transforma a vossa vida e por isso os sete dons do Espírito Santo, são a garantia de que vós passais a ter um pensamento novo. (...)
Por isso, o Espírito Santo renova o vosso coração, ajuda-vos a decidi e se vos dá o dom de escolher, é para vos ajudar nesta missão, a tomar as decisões que se impõem no momento certo e na hora certa. Mas o Espírito Santo não vos abandona, porque Ele ajuda-vos a pô-las em prática e para pôr em prática certas decisões é preciso coragem, é preciso força, é preciso arregaçar as mangas e por isso, o Espírito Santo dá-vos o dom da Fortaleza e até mobilizar-vos, motivar-vos a percorrer este caminhos.
O Espírito Santo não nos deixa sozinhos. Cria-nos todo o ambiente que nós precisamos para que a nossa vida cresça de forma equilibrada e em bom ambiente. E se nos dá o dom da Piedade, Ele abre-nos os caminhos a que a nossa vida seja um diálogo pleno com o nosso Deus, que é amor e comunhão de amor. (...)
Irmãs, irmãos, caros candidatos amigos ao Sacramento da Confirmação. Hoje é o dia D para vós. é o dia D. É um dia decisivo e é importante que a vossa vida hoje fique motivada por este amor de Cristo, amor Evangélico e amor com capacidade de intervir na construção de uma Igreja, que sirva a sociedade onde nos encontramos, por isso, a minha última palavra é de felicitação a vós e às comunidades cristãs paroquiais, que vos prepararam para este dia, mas a partir de hoje, tem uma mais valia. (...)
Nós temos de ser neste Mundo onde nos encontramos uma outra cultura, temos que ser um outro projecto, temos que ser uma contra cultura. (...)
+Manuel da Rocha Felício, Bispo da Guarda
video